Câmara aprova requerimento de urgência e governo de Michel Temer considera vitória importante para avanço do projeto na reforma

Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (19) por 287 votos o requerimento de urgência para tramitação na Reforma Trabalhista, o Presidente Michel Temer diz que “aprovação indica uma sintonia entre poderes executivos, legislativos e da sociedade brasileira”.

Na terça-feira (18) o pedido de requerimento enviado a plenário da Câmara dos Deputados não obteve aprovação por falta de votos, o pedido recebeu 230 dos 257 votos que eram necessários.

 O Presidente da Câmara Rodrigo Maia fez um pronunciamento logo após a votação alegando que encerrou a votação em momento equivocado, pois havia 50 deputados na casa que não tiveram o direito de votar e se feita a solicitação o pedido poderia ser pautado novamente na Câmara.

O discurso de Rodrigo Maia gerou indignação na oposição, muitos protestos e tumulto no plenário. A argumentação seria que o regimento interno não permite nova pauta de um assunto já votado e encerrado.

O projeto segue aguardando aprovação e será votado no congresso em maio se aprovado 12 pontos na lei trabalhista serão mudados, dentre eles estão: Flexibilização da jornada de trabalho (Esse acordo será feito entre empregado e empregador), fragmentação de férias, remuneração por produtividade e formação de banco de horas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s