PSB remove da direção estadual deputados que foram a favor da reforma trabalhista

Nesta Quinta-feira (27), os deputados Danilo Forte (CE), Tereza Cristina (MS), Fábio Garcia (MT) e Maria Helena (RO), todos do PSB, foram removidos das direções estaduais de seus respectivos estados após votarem a favor da reforma trabalhista, aprovada nesta madrugada pela Câmara dos Deputados, a medida ainda irá para o Senado.

O partido decidiu por votar contra a reforma, apesar de ser da base aliada ao governo Temer. Por isso, deputados que votassem a favor da reforma, sofreriam sanções por parte do PSB.

Dos 34 parlamentares do partido, 30 estavam presentes na votação, e 14 votaram a favor, contrariando a orientação prévia. As sanções previstas no código de ética do partido vão de advertência a expulsão. O Conselho Interno de Ética do PSB analisará qualquer representação levantada contra esses deputados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s